Blog

Aquecimento Global vs Abelhas

Aquecimento Global vs Abelhas

As abelhas são responsáveis por cerca de 70% da polinização mundial. Os estudos com a pesquisadora Vera Lúcia Imperatriz, da Universidade de São Paulo (USP) e a revista científica Science;” mostram que o aquecimento global provoca uma variação nas temperaturas que causam as mortes das abelhas. Por isso, o ser humano é afetado diretamente.

Sendo as abelhas responsáveis por 70% da alimentação orgânica, o desaparecimento delas causa uma defasagem direta na produção agrícola, consequentemente, a própria segurança alimentar. Sem elas, o ser humano enfrentaria uma mudança drástica na sua dieta, que ficaria restrita apenas a culturas autopolinizáveis, como feijão, arroz, soja, milho, batata e espécies de cereais.

A revista científica Science publicou o mais abrangente estudo sobre o declínio das abelhas já feito, e a conclusão é de que o aquecimento global é o principal fator causador.

Em geral, cientistas e biólogos estão detectando uma expansão do “território” das espécies causada pelas mudanças climáticas. Por exemplo, no Hemisfério Norte, espécies como as borboletas já estão sendo encontradas cada vez mais ao norte, buscando temperaturas mais amenas. O problema, detectado pelo estudo, é que isso não está ocorrendo com as abelhas. A pesquisa identificou que elas estão desaparecendo no sul, por não aguentar temperaturas mais altas, mas não estão indo para o norte. Ou seja, a distribuição natural das abelhas estudadas diminuiu.

Isso acontece por causa da forma como as abelhas evoluíram. Elas não estão preparadas para enfrentar mudanças climáticas como as que estão em curso. Enquanto grande parte dos insetos surgiram em regiões tropicais – e por isso devem prosperar em um mundo mais quente –, as abelhas evoluíram na região de clima mais ameno, e têm dificuldade de sobreviver em um cenário de aquecimento. O resultado é que, nos últimos cem anos, as abelhas perderam mais de 300 quilômetros de território.

Como as abelhas não fazem migração, o estudo sobre a morte delas se faz necessário, pois, trata-se de mais da metade de tudo que conhecemos, isso quer dizer, a extinção e exterminação em massa, portanto, o estudo serve para analisar a melhor maneira de reverter os danos do aquecimento global.

Referências Bibliográficas

http://s2.glbimg.com/QGmTAshel8n1mxrPsk2HV1cZBSA=/900×450/e.glbimg.com/og/ed/f/original/2015/07/08/abelha.jpg

https://media.gazetadopovo.com.br/2017/08/b0e96e213529bd851160180ced26b1b8-gpMedium.jpg

https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn%3AANd9GcRoiKdUORP1-SlZHepFoxXQjGQbee22qT5-oA&usqp=CAU

 

André Luiz de Souza Costa
Últimos posts por André Luiz de Souza Costa (exibir todos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *